BOLSONARO NO NORDESTE: Bolsonaro, ao fazer inauguração no Agreste Pernambucano, elogia aliados e volta a exaltar uso de cloroquina contra covid-19, que não tem comprovação científica

( Publicada originalmente às 13h 40 do dia 01/10/2020) 

(Brasília-DF, 02/10/2.020) O presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) voltou a exaltar nesta quinta-feira, 1º de outubro, ao inaugurar a primeira fase da segunda etapa do sistema adutor do Pajeú, em São José do Egito, “terra da poesia”, no agreste pernambucano, o uso do medicamento hidroxicloroquina, que não tem comprovação científica de sua eficácia, para combater o novo coronavírus (covid-19), que já matou mais de 144 mil brasileiros, conforme atualização do consórcio de imprensa formado pelos jornais “O Globo”, “Folha de S. Paulo” e “O Estado de S. Paulo”.

Com um discurso breve, depois das falas feitas pelo diretor-geral do Departamento Nacional de Obras Contra às Secas (DNOCS), Fernando Marcondes de Araújo Leão, e do líder do seu governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), e do ministro de Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, Bolsonaro elogiou os políticos de “famílias tradicionais” de Pernambuco que apoiam sua gestão. E defendendo a “liberdade”, afirmou que àqueles que falavam que seu governo interditaria a democracia, “estão decepcionados”. O presidente pediu, ainda, que todos possam “escolher gente” nas eleições municipais que acontecerão no próximo mês de novembro “que tenha Deus no coração”.

Bolsonaro, FBC e Rogério Marinho na hora da placa

Ele contou também que quase amarrou o “seu bode” no sertão pernambucano, quando namorou uma jovem do município de Machado, 105 quilômetros de Recife, nos anos 70, quando estava destacado pelo Exército brasileiro na cidade de Olinda. De bom humor, Bolsonaro afirmou que estava contente e satisfeito por visitar ali o bravo povo nordestino e inaugurar uma importante obra estruturante que atenderá mais 100 mil pessoas daquela região com a normalização dos recursos hídricos.

“Não existente satisfação maior para um político que estar no meio do povo. Alguns dizem que eu me arrisco, eu confesso. Viver sem vocês, é morrer. Vamos estar junto do começo ao fim. Eu quero prestar uma homenagem aqui: o Brasil tem heróis e não existe herói maior daquele que nos deu o bem mais importante que a comida e água, e que nos deu a liberdade. Eu queria uma grande salvas de palmas para o José Dantas, um herói da segunda guerra mundial, um homem que juntamente [sic] com a Força Expedicionária Brasileira (FEB), arriscou a sua vida. Muitos ficaram pelo caminho, mas nos deram esse bem maior que é a nossa liberdade. E eu como presidente da República, chefe supremo das Forças Armadas, nunca abrirei mão que meu povo tenha liberdade e tenha democracia”, iniciou o presidente.

Bolsonaro, após fonte da inauguração começar a jorrar, ele joga água ao alto

“Para quem dizia que [eu] iria fazer [sic] o contrário, estão decepcionados. Eu só vivo ao lado deste povo. Sem este povo, nós aqui políticos não somos ninguém. E estamos num momento muito especial. Mas ao Sul do país, graças a Deus, não temos esse problema. Mas ao Norte e ao Nordeste, infelizmente, temos a [escassez da] questão da água. Isso é vital para nós, eu vejo no semblante do nordestino que quando chega água, parece que ele ganhou na megassena e é verdade, ganhou, sim! Agora, ninguém faz nada sozinho. Eu estou tendo o prazer de acompanhar aqui algumas autoridades. Vou falar das mais importantes que são as locais. Meu grande abraço ao senador Fernando Bez Bolsonaro, após fonte da inauguração começar a jorrar, ele joga água ao alto

erra, um homem incansável da luta por meios para que o Ministério do [Desenvolvimento Regional, do ministro Rogério] Marinho possa realmente trabalhar e produzir aquilo que vocês necessitam, em especial, nesta data, a água”, complementou.

Elogios aos políticos locais

Na sequência, Bolsonaro emenda uma série de elogios aos políticos locais. Com ênfase, destacou os aliados e deputados federais André Ferreira (PSC-PE), Fernando Coelho Filho (DEM-PE), filho do senador e líder do governo, Fernando Bezerra Coelho, e Pastor Eurico (Patriotas-PE).

“Prezados deputados federais André Ferreira, conheço muito o seu irmão [Anderson Ferreira, atual prefeito de Jaboatão dos Guararapes] grande [ex] parlamentar. Você, eu conheci depois. Mas é da mesma família e da mesma raça. Parabéns e obrigado por você existir. Prezado Fernando Coelho Filho, de família tradicional, muito obrigado por nos acompanhar neste projeto ao nosso lado. Prezado [deputado] Pastor Eurico, velho colega meu de parlamento brasileiro. Nós sabemos que acima de nós está Deus. Sem Deus não somos ninguém, com Deus ultrapassaremos o além. Brasil acima de tudo e Deus, sempre, acima de todos”, completou.

No calor do povo

Ele agradeceu o calor que vinha recebendo do povo do Nordeste e contou histórias suas quando morou em Pernambuco, atuando pelas Forças Armadas.

“[Quero] dizer a todos vocês da satisfação e da alegria de sentir esse calor, Bezerra, e a minha satisfação do povo nordestino. Isso não tem preço. Eu quero confessar aqui, nos idos dos anos de 1.970, eu namorei uma menina de Machado, Pernambuco. Quase eu amarrei o meu bode aqui no sertão de Pernambuco. Estava parado em Olinda e frequentava as praias de Olinda e de Recife. Mas meus amigos, indo para o encerramento, realmente não se tem palavra para expressar o que a gente sente desde a chegada, em qualquer ponto do Brasil, como foi aqui no aeroporto e até esse local, neste calor deste povo maravilhoso. Esse povo que tem Deus no coração e que quer o melhor para o seu país”.

Ministro Rogério Marinho falou no evento

Discurso negacionista

Bolsonaro voltou a defender a normalização da vida, independentemente se o país e o mundo encontram-se em meio a mais grave pandemia em um século. Ele voltou a atacar os governadores e prefeitos que optaram em seguir as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e restringiram a circulação de pessoas para tentar diminuir a propagação da doença que já matou mais de um milhão de seres humanos em todo o planeta.

“E digo a todos vocês: o nosso governo tudo fará para todos aqui no Brasil, mas, em especial, não esqueceremos e como não esquecemos os mais humildes. Alguns políticos fecharam tudo durante a pandemia. Eu sempre falei, não tem que fechar nada, não tem que prender ninguém dentro de casa. Temos que zelar dos mais idosos e daqueles que estão mais passíveis que estão de adquirir o vírus e ter um problema mais grave. Fora isso, tínhamos que trabalhar e mais ainda, Deus foi tão abençoado que nos deu a hidroxicloroquina para quem se acometer da doença. E quem não acreditou engula agora! Eu não sou médico, mas sou ousado como cabra-da-peste nordestino. Nós temos que buscar as soluções para os nossos problemas e ela apareceu”, disparou.

Apoio e agradecimento

Por fim, o presidente brasileiro, fazendo uma pausa em seu pronunciamento, onde permitiu que seus apoiadores entoassem palavras de ordem e de apoio a sua pessoa. Neste momento ouviu da plateia gritas de mito, mito, mito e finalizou o discurso em tom de agradecimento.

“Então a todos vocês, meus irmãos, em especial hoje aqui, em São José do Egito, quem diria que fomos tão longe assim, um grande abraço a todos vocês aqui e vamos caprichar para escolher prefeitos e vereador, e vamos escolher gente que tenha Deus no coração, que tenha na alma o patriotismo e queira, de verdade, o bem ao próximo. Deus, pátria e família. Amigos do Nordeste, amigos de São José, muito obrigado a todos vocês”, encerrou.

(por Humberto Azevedo, especial para a Agência Política Real, com edição de Genésio Jr.)

Outras notícias

Após reunião com Júlio César, ministro Tarcísio Gomes de Freitas promete recursos para federalizar trecho na Transnordestina até 2.022

01/09/2020 às 19:42

( Publicada originalmente às 17 h 48 do dia 25/08/2020)  (Brasília-DF, 26/08/2.020) Após se reunir nesta terça-feira, 25, com o coordenador da Bancada do Nordeste, deputado Júlio César (PSD-PI), em seu gabinete no Ministério da Infraestrutura, o ministro Tarcísio Gomes de Freitas prometeu que os recursos necessários para federalizar o trecho entre a região do médio oeste do […]

BANCADA DO NORDESTE: Em encontro com Bolsonaro, Júlio César agradece empenho do governo federal que destinou mais de 35% dos recursos, neste momento de pandemia, ao Nordeste

20/01/2021 às 14:33

( Publicada originalmente às 18h49 do dia 19/01/2021)  (Brasília-DF, 20/01/2021) O deputado Júlio César (PSD-PI) agradeceu nesta terça-feira, 19, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) pelo empenho, segundo ele, que o governo federal vem promovendo e que resultou, até o momento, na destinação de mais de 35% dos recursos, neste momento de pandemia, ao estados do Nordeste do […]

ENFRENTANDO A CRISE: Wellington Dias, falando pelo Consórcio Nordeste, considerou acertada a decisão do Governo Federal em barrar vôos do Reino Unido e Irlanda do Norte

27/12/2020 às 20:23

( Publicada originalmente às 12h36 do dia 24/12/2020)  (Brasília-DF, 25/12/2020) A decisão do Governo Federal de barrar, temporariamente, os vôos do Reino Unido e Irlanda do Nordeste foi bem vista pelos governadores nordestinos.  A medida já começou a valer para este Natal. Os governadores do Nordeste tinham enviado uma carta ao Ministério da Saúde e ao […]

Ministério de Desenvolvimento libera recursos para saneamento; veja como será nos estados do Nordeste

21/12/2020 às 20:57

(Brasília-DF, 21/12/2020) Nesta segunda-feira, 21, o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) anunciou que vai liberar R$ 829,8 milhões para a continuidade de obras de saneamento básico em todo o Brasil. Ao todo, serão beneficiados 236 projetos em 204 municípios do Acre, Amapá, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas […]

SEMIÁRIDO: Ao citar Euclides da Cunha, autor de “Os Sertões” que conta a história de Canudos, general Girão afirma que a região do semiárido precisa de 5 tipos de segurança para vencer os desafios

03/12/2020 às 20:51

(Brasília-DF, 03/12/2.020) Ao citar um trecho do livro “Os Sertões”, do escritor Euclides da Cunha que conta a história da guerra de Canudos que aconteceu há mais de 120 anos, o deputado General Girão (PSL-RN) afirmou nesta quinta-feira, 3, durante a abertura do Fórum de Desenvolvimento do Semiárido, que a região da caatinga precisa de cinco tipos […]

Notícias por estado
Apoiam esta ideia