BANCADA DO NORDESTE: Átila Lira pede que General Ramos libere os restos a pagar das emendas parlamentares; Bosco Costa quer saber qual o projeto do governo Bolsonaro para revitalizar o São Francisco

(Brasília-DF, 27/11/2019) O deputado Átila Lira (PP-PI) pediu nesta quarta-feira, 27, que o ministro General Luiz Eduardo Ramos – responsável pela articulação política do governo do presidente Jair Bolsonaro, libere o quanto antes os restos a pagar das emendas parlamentares ao Orçamento da União de 2.018. Já o deputado Bosco Costa (PL-SE) perguntou ao ministro sobre qual é o projeto do governo para revitalizar o rio São Francisco.



Por sua vez, o deputado General Girão (PSL-RN) sugeriu ao responsável pela Secretaria de Governo da Presidência da República a regulamentação da questão dos médicos para clinicarem nas regiões mais remotas do país. E o deputado Efraim Filho (DEM-PB) quer que o governo priorize os repasses que os próprios parlamentares gostariam de fazer em instituições universitária de saúde.



Segundo Efraim, a iniciativa que a Bancada da Paraíba faria para destinar R$ 25 milhões ao hospital universitário de Cajazeiras teve que ser abortada porque o próprio governo pediu que os recursos não fossem aportados devido à falta de “programação macro” estabelecida que deveria priorizar outras unidades de saúde.



As declarações e os pedidos dos parlamentares nordestinos aconteceram durante o tradicional café da manhã que a Bancada do Nordeste promoveu na manhã desta quarta quando recepcionou o ministro General Ramos para abordar com os deputados os relacionamentos institucionais que o Poder Executivo está sendo executado com os integrantes do Poder Legislativo.



Nenhuma das demandas levantadas pelos quatro deputados foi respondida pelo ministro responsável da Secretaria de Governo do presidente Jair Bolsonaro.



(por Humberto Azevedo, especial para Agência Política Real, com edição de Genésio Jr.)




Notícias por estado
Apoiam esta ideia