Domingo, 24 de junho de 2018
» Busca interna
» Busca no Google
» Órgãos federais
» Governo federal
» Senado
» Câmara
» STF
» TSE
» STJ
» TCU
» Estados
» Alagoas
» Bahia
» Ceará
» Maranhão
» Paraíba
» Pernambuco
» Piauí
» Rio Grande do Norte
» Sergipe
» Políticos
Escolha o Partido
» Notícias via email
» Jornais online
» Últimas Notícias
NORDESTE – Júlio Cesar comemora decisão do governo em pagar multas da repatriação aos municípios até o dia 30
14/02/2017 - 20:43h

27/12/2016 - 17:00h - Genésio Araújo Jr
(Brasília-DF, 26/12/2016) O coordenador da Bancada Parlamentar do Nordeste no Congresso Nacional, deputado Júlio César (PSD), comemorou nas redes sociais a decisão do presidente Michel Temer em repassar para os municípios brasileiros o dinheiro relativo à multa da Repatriação de recursos do exterior, até a próxima sexta-feira, dia 30. Os estados começaram a receber dinheiro da multa da repatriação na semana passada.

"Depois de anunciar na segunda-feira passada (19), que pagaria a repatriação das multas para os estados em dezembro e aos municípios em janeiro de 2017 quebrando acordo firmado durante reunião no Ministério da Fazenda, na ultima quarta-feira (14), o presidente Michel Temer voltou atrás e decidiu repassar aos municípios o dinheiro da repatriação para o dia 30 de dezembro", festejou o parlamentar.

Grana extra

Júlio César disse que com essa decisão, governos estaduais e municipais contarão com recursos extras no fim deste ano para pagar servidores e despesas em atraso. Para atender ao pedido dos deputados e prefeitos, o governo decidiu publicar na terça-feira passada, 20, edição extra do Diário Oficial da União com norma que altera o início da liberação dos recursos para o dia 30 de dezembro, mesma data definida do repasse das multas para os Estados.

Antes do anúncio, parlamentares que participaram da reunião que definiu o repasse criticaram a posição do governo de atrasar o pagamento das multas.

"O presidente já tinha prometido esse pagamento para dezembro, o ministro Henrique Meirelles também prometeu, mas de uma hora para outra anunciaram uma Medida Provisória onde o pagamento seria somente em janeiro e isso causou um alvoroço em todo o Brasil por que os prefeitos contavam com o recurso para o pagamento de despesas e funcionalismo, a pressão foi tamanha, de todos os lados, que o Governo Federal teve que recuar e manter o pagamento na data que antes havia sido combinada, muito melhor para os nossos municípios", explicou o deputado Júlio Cesar.

Governo relutou

O coordenador da bancada nordestina lembra que o governo relutou em dividir esse dinheiro com estados e municípios. A União concordava apenas em repassar a parcela obtida com o pagamento de Imposto de Renda (IR) recolhido pelos contribuintes que aderiram à repatriação. A multa ficaria toda nas mãos do governo federal.

Ele lembra que os governadores, no entanto, recorreram ao Supremo Tribunal Federal (STF) alegando ter direito também à multa. Como vários estados estão com dificuldades financeiras, a equipe econômica aceitou partilhar.

Na mesma linha, os municípios também pediram o benefício e foram atendidos. Governadores vão receber cerca de R$ 5 bilhões e os prefeitos pouco mais que os Estados. A União vai pagar mais de R$ 10 bilhões.

(Por Gil Maranhão – Agência de Notícias Política Real. Edição: Genésio Jr)
Mais Notícias
08/05 | 16:16h - Genésio Araújo Jr.
Júlio César afirma que bancadas do Norte e Nordeste irão pressionar o governo pela retirada dos vetos presidenciais da lei de renegociação de dívidas rurais

15/03/2018 - 20:00h - Genésio Araújo Jr. (Brasília-DF, 15/03/2017) Em reunião com o ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, nove parlamentares do Norte e Nordest...
15/03 | 18:56h - Gil Maranhão
Banco da Amazônia quer prorrogação de lei renegociar de débitos rurais, que vai beneficiar 15 mil produtores rurais do Norte

(Brasília-DF, 15/03/2018) O diretor de Crédito do Banco da Amazônia (Basa), Francimar Maciel, defendeu nesta quinta-feira, 15, a prorrogação da lei que trata da renegociação d...
15/03 | 18:55h - (Por Gil Maranhão
Presidente do BNB vê “grande desafio” regularizar dívidas de 517 mil produtores rurais ”e os credenciar para novos créditos”

(Brasília-DF, 15/03/2018) O presidente do Banco do Nordeste (BNB), Romildo Carneiro Rolim, afirmou nesta quinta-feira, 15, que as agências estão mobilizadas em todos os nove e...
15/03 | 18:55h - Genésio Araújo Jr.
Parlamentares do Nordeste e Norte debatem com Marun vetos do governo Temer ao Funrural e renegociação das dívidas dos agricultores

(Brasília-DF, 14/03/2018) Parlamentares que integram as bancadas do Nordeste e do Norte no Congresso Nacional vão discutir nesta quinta-feira, 15, com o ministro-chefe da Secr...
14/03 | 20:15h - Genésio Araújo Jr.
Face ação da bancada nordestina, inclusão de municípios de Minas Gerais e Espírito Santo na Sudene é adiada

(Brasília-DF, 28/02/2018) A possibilidade de inclusão dos municípios do Vale do Rio Doce, em Minas Gerais, e municípios do Estado do Espírito Santo na área de atuação da Super...
01/03 | 16:14h - Genésio Araújo Jr
Bancada nordestina não votou em bloco no caso dos aplicativos; só a bancada do Sergipe votou toda a favor de limitações

(Brasília-DF, 01/03/2018). A bancada nordestina na Câmara dos Deputados normalmente é decisiva em votações marcantes na vida do legislativo, porém no caso da regulamentação do...
» Áudio
ID:
Senha:

Apóiam essa idéia:
Bancada do Nordeste 2005 - Política Real - Todos os direitos reservados
Contato: redacao@bancadadonordeste.com.br