Quarta-feira, 23 de janeiro de 2019
» Busca interna
» Busca no Google
» Órgãos federais
» Governo federal
» Senado
» Câmara
» STF
» TSE
» STJ
» TCU
» Estados
» Alagoas
» Bahia
» Ceará
» Maranhão
» Paraíba
» Pernambuco
» Piauí
» Rio Grande do Norte
» Sergipe
» Políticos
Escolha o Partido
» Notícias via email
» Jornais online
» Últimas Notícias
Michel Temer sanciona lei que autoriza a liquidação das dívidas de produtores rurais do Nordeste
05/10/2016 - 15:13h - Gil Maranhão
18/08/2016 - 21:49h - Gil Maranhão
(Brasília-DF, 29/09/201) O presidente da República Michel Temer sancionou a lei que autoriza a liquidação das dívidas contraídas pelos produtores rurais do Nordeste e Norte nas operações de crédito feitas junto aos Bancos do Nordeste (BNB) e Banco da Amazônia (Basa), por conta dos prejuízos que eles tiveram em decorrência da seca e prolongamento da estiagem nessas regiões.

O tema esteve nesses dois anos na pauta de debate da Câmara dos Deputados e do Senado Federal que aprovaram a Medida Provisória 733/2016, que foi convertida em lei (a Lei 13.340/16) e publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira, 28.

A norma concede descontos entre 60% a 95% de acordo com o saldo devedor e determina a suspensão, até 29 de dezembro de 2017, do ajuizamento e do prosseguimento das execuções fiscais em andamento.

Vitória do Nordeste

O ato do presidente Temer foi comemorado por lideranças partidárias e parlamentares do Nordeste, que estiveram empenhados na aprovação da MP 733/16 nas duas Casas do Congresso.

O coordenador da Bancada Parlamentar do Nordeste no Congresso Nacional e relator da Medida Provisória 7833, deputado Júlio César (PSD-PI), elogiou o empenho dos deputados nordestinos – que consideraram o parlamentar piauiense o responsável pela aprovação da medida que foi discutida durante meses com produtores rurais, governo e parlamentares.

“Foi um estudo feito pela Bancada do Nordeste, que elegeu como prioridade a renegociação das dívidas dos produtores rurais, depois de 15 meses conseguimos essa vitória”, disse Júlio César.

Nova lei

A nova lei contempla os contratos do crédito fundiário, inclusive do antigo Banco da Terra.

Também determina que o produtor que tiver interesse em liquidar a débito, tem até o dia 31 de dezembro de 2017 para aderir ao benefício. As alterações na forma de bonificação devem entrar em vigor nos próximos dias, tão logo a Procuradoria Geral da Fazenda Nacional (PGFN) altere o sistema informatizado.

Quadro da dívida

Dados apresentados pela PGFN revelam que mais de 160 mil contratos estão inscritos em DAU e envolvem pelo menos 800 mil produtores entre devedores principais e avalistas. O saldo devedor dessas operações é superior a R$ 18 bilhões. Só no Rio Grande do Sul, as restrições no CPF em decorrência dessa conta podem atingir mais de 180 mil pessoas e ultrapassar R$ 4,5 bilhões.

O desconto

A Lei 13.340/16, sancionada pelo governo federal, concede descontos (rebate) entre 60% a 95% na dívida dos produtores rurais nortistas e nordestinos. Veja como será se dará a bonificação (abate) nas dívidas.


Valor consolidado de até R$15.000,00 - rebate de 95%
De R$15.000,01 até R$ 35.000,00 - rebate de 90%
De R$35.000,01 até R$ 100.000,00 - rebate de 85%
De R$100.000,01 até R$ 200.000,00 - rebate de 80%
De R$200.000,01 até R$ 500.000,00 - rebate de 75%
De R$500.000,01 até R$ 1.000.000,00 - rebate de 70%
Acima de R$ 1.000.000,00 - rebate de 60%

Desconto fixo após a aplicação do bônus:
De R$15.000,01 até R$ 35.000,00 - desconto de R$ 750,00
De R$35.000,01 até R$ 100.000,00 - desconto de R$ 2.250,00
De R$100.000,01 até R$ 200.000,00 - desconto de R$ 7.500,00
De R$200.000,01 até R$ 500.000,00 - desconto de 17.500,00
De R$500.000,01 até R$ 1.000.000,00 - desconto de R$ 42.500,00
Acima de R$ 1.000.000,00 - desconto de R$ 142.500,00



(Por Gil Maranhão – Agência de Notícias Política Real, com informações da assessoria e da PGRF. Edição: Genésio Jr.)
Mais Notícias
02/01 | 23:22h - Humberto Azevedo e GAJ
Governadores nordestinos voltam a se reunir para traçar estratégias em defesa de pauta federativa; prioridade é cessão onerosa e securitização

04/12/2018 - 17:32h - (Brasília-DF, 04/12/2018) Todos os governadores nordestinos voltaram a se reunir nesta terça-feira, 04, em Brasília, na sede da representação do go...
04/12 | 17:31h - Genésio Araújo Jr.
Julian Lemos, homem forte de Bolsonaro no Nordeste, anuncia que não será uma “agência de interesses pessoais”

( Publicada originalmente às 13h 43 do dia 25/11/2018) (reeditado) (Brasília-DF, 26/11/2018) O deputado federal eleito Julian Lemos(PSL-PB) disse, neste domingo, 25, que...
29/11 | 15:40h - Genésio Araújo Jr
TENDÊNCIA: Secretaria de Nordeste deverá ser indicada por deputado do PSL; Julian Lemos não esconde que deseja dar protagonismo à Paraiba nas políticas de Nordeste

(Brasília-DF, 29/11/2018) O Ministério do Desenvolvimento Regional não ficou com um nordestino, mas é certo que a Secretaria de Nordeste que será criada no organograma da noví...
28/11 | 17:20h -
Bolsonaro anuncia Rigodanzo Canuto para Desenvolvimento Regional; pasta surge da fusão do Ministério da Integração e das Cidades

O presidente eleito Jair Bolsonaro anunciou nesta tarde mais um de seus ministros. O esperado cargo de ministro do Desenvolvimento Regional que irá substituir os ministérios d...
28/11 | 17:19h - Humberto Azevedo
Nordestinos destacam benefícios da proposta que autoriza o plantio e uso medicinal da maconha; Proposta foi aprovada nesta quarta

(Brasília-DF, 28/11/2018) O senador Humberto Costa (PT-PE) comemorou a aprovação do Projeto de Lei (PL) 514/17 que autoriza o plantio e o uso medicinal da maconha nesta quarta...
26/11 | 22:11h - Genésio Araújo Jr
Ministro Fux cumpre acordo e acaba com o auxílio-moradia no Judiciário

(Brasília-DF, 26/11/2018) Cumprindo o acordo que foi estabelecido com o presidente do Senado, Eunício Oliveira(MDB-CE) e com o presidente da República,Michel Temer, o ministro...
» Áudio
ID:
Senha:

Apóiam essa idéia:
Bancada do Nordeste 2005 - Política Real - Todos os direitos reservados
Contato: redacao@bancadadonordeste.com.br