Domingo, 24 de junho de 2018
» Busca interna
» Busca no Google
» Órgãos federais
» Governo federal
» Senado
» Câmara
» STF
» TSE
» STJ
» TCU
» Estados
» Alagoas
» Bahia
» Ceará
» Maranhão
» Paraíba
» Pernambuco
» Piauí
» Rio Grande do Norte
» Sergipe
» Políticos
Escolha o Partido
» Notícias via email
» Jornais online
» Últimas Notícias
Coordenadores de bancadas nordestinas apresentam emendas à MP do endividamento rural
25/02/2016 - 19:37h - Gil Maranhão
(Brasília-DF, 04/02/2016) Coordenadores de bancadas estaduais da região Nordeste decidiram apresentar a partir desta quinta-feira, 04, emendas à Medida Provisória (MP) 707/2015, que trata do endividamento rural dos produtores brasileiros. Os deputados têm até a quarta-feira, 10, como prazo para assinarem e protocolarem as emendas.

A MP foi um dos temas tratados na reunião realizada na tarde de quarta-feira pelo coordenador da Bancada Parlamentar do Nordeste no Congresso Nacional, deputado Júlio César (PSD-PI), na Comissão de Desenvolvimento Econômico da Câmara.

Do encontro, o primeiro de 2016 entre os líderes das bancadas nordestinas, participaram o senador Elmano Férrer (PTB-PI), coordenador da bancada do Piauí; os deputados José Airton Cirilo (PT-CE), coordenador da bancada do Ceará, Pedro Fernandes (PTB-MA), coordenador da bancada do Maranhão; Carlos Eduardo Cadoca (PCdoB-PE), coordenador da bancada de Pernambuco; Felipe Maia (DEM-RN), coordenador da bancada do Rio Grande do Norte; e Wilson Filho (PMDB-PB), coordenador da bancada da Paraíba.

O coordenador da Bancada do Nordeste também teve encontro com outros deputados para tratar do assunto. Mostram interesse à MP os deputados José Carlos Aleluia (PSD-BA) e Marx Beltrão (PMDB-AL).

Produtores rurais

Cada coordenador ficou de mobilizar os deputados do seu respectivo estado para apresentação de emendas com vista a encontrar uma solução para as dívidas dos produtores rurais. O prazo para emendamento está previsto para o próximo dia 7. Como é um domingo e tem o feriado de terça-feira, 9, o prazo foi estendido para a quarta-feira de Cinzas, dia 10.

No momento, é o endividamento dos produtores rurais dos 09 estados da região Nordeste que preocupa os coordenadores das bancadas estaduais. A MP 707, assinado pelo governo federal no dia 30 de dezembro de 2015 prorroga o prazo do vencimento da divida - que ia vencer 31 de dezembro de 2015.

Com essa decisão, os parlamentares ganharam mais tempo para tentar um novo acordo com governo e buscar uma solução para os produtores rurais afetados pela seca desde 2011 – que atingiu a produção em vários estados do Brasil, com maior intensidade os do semiárido nordestino.

Comissão Especial

Após o Carnaval, será instalada a Comissão Especial que vai debater a medida provisória. E um dos deputados cotado para ser o relator do tema é Marx Beltrão (PMDB-AL).

Na visão do coordenador da Bancada do Nordeste, Júlio César, com a volta do período chuvoso muitos estão com crédito negativado e impossibilitados de pedir empréstimos aos bancos para recuperar os prejuízos da estiagem.

Saldo devedor

“A minha preocupação é que esses produtores não tenham como investir em suas terras para o plantio por que não vão conseguir crédito com nome sujo, isso pode gerar um efeito cascata, com queda na produção agrícola, desemprego e falência do setor, o momento não é mais de discussão, é de atitude do Governo Federal”, revelou o coordenador.

O saldo devedor com parcelas vencidas ultrapassa os R$ 11 bilhões e se refere a empréstimos para custeio e investimento no âmbito de vários programas de crédito com apoio do governo, débitos inscritos na Dívida Ativa da União e financiamentos com recursos de fundos constitucionais. Os dados são da Comissão Nordeste da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).

(Reportagem: Gil Maranhão – com informações da assessoria. Edição: Genésio Jr.)
Mais Notícias
08/05 | 16:16h - Genésio Araújo Jr.
Júlio César afirma que bancadas do Norte e Nordeste irão pressionar o governo pela retirada dos vetos presidenciais da lei de renegociação de dívidas rurais

15/03/2018 - 20:00h - Genésio Araújo Jr. (Brasília-DF, 15/03/2017) Em reunião com o ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, nove parlamentares do Norte e Nordest...
15/03 | 18:56h - Gil Maranhão
Banco da Amazônia quer prorrogação de lei renegociar de débitos rurais, que vai beneficiar 15 mil produtores rurais do Norte

(Brasília-DF, 15/03/2018) O diretor de Crédito do Banco da Amazônia (Basa), Francimar Maciel, defendeu nesta quinta-feira, 15, a prorrogação da lei que trata da renegociação d...
15/03 | 18:55h - (Por Gil Maranhão
Presidente do BNB vê “grande desafio” regularizar dívidas de 517 mil produtores rurais ”e os credenciar para novos créditos”

(Brasília-DF, 15/03/2018) O presidente do Banco do Nordeste (BNB), Romildo Carneiro Rolim, afirmou nesta quinta-feira, 15, que as agências estão mobilizadas em todos os nove e...
15/03 | 18:55h - Genésio Araújo Jr.
Parlamentares do Nordeste e Norte debatem com Marun vetos do governo Temer ao Funrural e renegociação das dívidas dos agricultores

(Brasília-DF, 14/03/2018) Parlamentares que integram as bancadas do Nordeste e do Norte no Congresso Nacional vão discutir nesta quinta-feira, 15, com o ministro-chefe da Secr...
14/03 | 20:15h - Genésio Araújo Jr.
Face ação da bancada nordestina, inclusão de municípios de Minas Gerais e Espírito Santo na Sudene é adiada

(Brasília-DF, 28/02/2018) A possibilidade de inclusão dos municípios do Vale do Rio Doce, em Minas Gerais, e municípios do Estado do Espírito Santo na área de atuação da Super...
01/03 | 16:14h - Genésio Araújo Jr
Bancada nordestina não votou em bloco no caso dos aplicativos; só a bancada do Sergipe votou toda a favor de limitações

(Brasília-DF, 01/03/2018). A bancada nordestina na Câmara dos Deputados normalmente é decisiva em votações marcantes na vida do legislativo, porém no caso da regulamentação do...
» Áudio
ID:
Senha:

Apóiam essa idéia:
Bancada do Nordeste 2005 - Política Real - Todos os direitos reservados
Contato: redacao@bancadadonordeste.com.br