Segunda-feira, 23 de outubro de 2017
» Busca interna
» Busca no Google
» Órgãos federais
» Governo federal
» Senado
» Câmara
» STF
» TSE
» STJ
» TCU
» Estados
» Alagoas
» Bahia
» Ceará
» Maranhão
» Paraíba
» Pernambuco
» Piauí
» Rio Grande do Norte
» Sergipe
» Políticos
Escolha o Partido
» Notícias via email
» Jornais online
» Últimas Notícias
BANCADA DO NORDESTE - Lessa defende proposta do BNB ser repassador das emendas parlamentares e Vilela quer solução para dívida fundiária
11/06/2015 - 20:23h - Gil Maranhão
(Brasília-DF,11/06/2016) Em debate realizado pela Bancada Parlamentar do Nordeste, nesta quinta-feira, na Câmara dos Deputados, sobre renegociação das dividas rurais, fundos constitucionais e divida ativa, o coordenador da Bancada Federal de Alagoas, Ronaldo Lessa (PDT-AL) defendeu proposta de Banco do Nordeste (BNB) vir a ser o repassador das emendas de bancada e individuais. O deputado Pedro Vilela (PSDB-AL), que também participou do encontro pediu atenção especial para a dívida fundiária dos estados.

Participaram do debate o novo presidente do Banco do Nordeste (BNB), Marcos Holanda, o secretário de Fundos Regionais e Incentivos Fiscais, do Ministério da Integração Nacional (NIN), Raphael Rezende Neto, e o representante da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN), Luiz Roberto Beggiora.

O deputado Ronaldo Lessa apoiou, no encontro, a proposta lançada por pelo deputado Pedro Fernandes (PRB-MA) do BNB gerir os recursos das emendas parlamentares. O repasse atualmente é concentrado na Caixa Econômica Federal (CEF), que fica com uma comissão de 5%. Na opinião dos deputados nordestinos isso estabeleceria uma concorrência com CEF e celeridade na liberação dos recursos, motivo de muita reclamação entre os parlamentares.

“Achei boa a ideia do Banco do Nordeste representar as bancadas junto à Caixa Econômica Federal (CEF), sendo repassador das emendas de bancada e das emendas individuais dos parlamentares”, declarou, emendando que “nós queremos que os 5% que a Caixa fica hoje passe a ficar com o nosso banco, que é da nossa região”, revelou.

Segurança e Sudene

Lessa também propôs uma discussão ampla sobre o Fundo de Segurança Pública. “Precisamos debate esse tema, por isso ajuda o Nordeste. Tenho certeza que se mais ex-governadores estivessem nesta Casa ou outros os que estão no exercício do seu mandato estivesse aqui ficariam satisfeitos em ver os deputados discutindo esta questão da segurança que é de fundamental importância para os estados”, enfatizou.

O ex-governador ainda sugeriu um debate sobre a importância da Sudene – “não podemos achar que esta instituição é coisa do passado” – e da atuação do Departamento Nacional de Obras Contras as Secas (DNOCS) na região.

Dívida fundiária

Com relação da dívida fundiária, Lessa acha que os parlamentares do Nordeste devem focar sua prioridade no tema. “Este colegiado aqui deve se concentrar na busca de solução concreta”, propões o deputado.

Ele defendeu a proposta levantada pelo deputado Danilo Forte (PMDB-CE), que sugeriu a elaboração de uma emenda aglutinativa para incluir na proposta do Governo Federal que trata da desoneração da folha (PLi 863/15, que será votado na próxima semana) a anistia todas as dívidas dos agricultores contraídas em 2013 e 2014 e que foram atingidos pelas fortes consequências da estiagem na região desde 2011.

“Essa proposta é boa. Eu sei o que os estudos estão avançados sobre esse tema, o Conselho Nacional da Agricultura (CNA). Mas a gente precisa condensar isto e buscar a melhor proposta para apresentar sugestões que possam ser negociadas e melhorar a situação das dívidas fundiárias no Nordeste. Precisamos dar uma reposta concreta à população”.

Atenção ás dívidas

O deputado Pedro Vilela pediu atenção especial para o tema. “A renegociação da dívida rura é muito importante para todos os estados, principalmente para Alagoas. É um pleito antigo e justo que a gente acompanha e a solução deve ser dada o quanto antes, não pode ser mais adiada”, frisou.

Vilela ainda desejou pleno êxito ao novo presidente do BNB, Marcos Holanda, e destacou que o Banco do Nordeste “tem, um papel fundamental para o desenvolvimento da região Nordeste, que ainda está bem atrás de outras regiões do País e por isso merece uma atenção diferenciada”. Por fim ele colocou a Bancada Federal de Alagoas à disposição da instituição “para discutirmos e buscarmos soluções que a nossa região precisa”.

Grupo de Trabalho

O coordenador da Bancada do Nordeste anunciou, no final da reunião, a criação de um Grupo de Trabalho composto parlamentares e representantes do BNB, Ministério da Integração e Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional, que vai estudar um normativo único relacionado à renegociação da dívida rural. A ideia é revogar todos os normativos existentes e passar a existir apenas um. Antes de apresentar a proposta à Câmara, será levado ao conhecimento dos ministros da área econômica, principalmente ao ministro da Fazenda, Joaquim Levy.

(Por Gil Maranhão, para Agência Política Real, e edição de Genésio Jr.)
Mais Notícias
20/09 | 19:58h - Gil Maranhão.
">Edvaldo Moura diz que extinção de zonas eleitorais "é danosa aos interesses da democracia representativa, ao eleitor e à Justiça Eleitoral"

(Brasília-DF, 20/09/2017) O vice-presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Estado Piauí (TRE-PI) e membro da Associação dos Magistrados do Brasil (AMB), desembargados Edval...
20/09 | 16:09h - Gil Maranhão
ESPECIAL DE FIM DE SEMANA – Na 1ª bomba detonada por Janot, apenas 36 votos livraram Temer, que assumiu no lugar de Dilma, a perder o cargo para Maia

(Brasília-DF, 15/09/2017) Apenas 36 votos livraram o presidente da República, Michel Temer (PMDB), na noite de 2 de agosto deste ano, de ser processado pelo Supremo Tribunal F...
18/09 | 14:23h -
Juros para o desenvolvimento do Nordeste devem cair, anuncia Eunício Oliveira; Governo deve encaminhar MP que vai atender,também, o Centro-Oeste e o Norte

31/08/2017 - 16:13h - Gil Maranhão ( Publicada originalmente às 20h 28 do dia 30/08/2017) (Brasília-DF, 31/08/2017) Depois de 6 meses de cobranças, parece que, fina...
31/08 | 16:12h - Gil Maranhão
Produtores rurais do Nordeste prejudicados com a seca já podem renegociar suas dívidas rurais contratadas de 2012 a 2016

(Brasília-DF, 25/07/2017) O presidente do Banco Central do Brasil (Bacen), Ilan Goldfajn, divulgou nesta terça-feira, 25, a Resolução nº 4.591 do Conselho Monetário Nacional (...
25/07 | 20:05h - Gil Maranhão
Nova resolução amplia número de agricultores que poderão renegociar suas dívidas, diz Eunicio Oliveira

(Brasília-DF, 25/07/2017) "Mais uma luta que alcançamos a favor dos humildes agricultores do Nordeste brasileiro e de parte de Minas Gerais e até do Espírito Santo”. ...
25/07 | 20:04h - Bruna Pedroso.Edição: Genésio
Ministra Cármen Lúcia derruba liminar que suspendia as obras do Eixo Norte da Transposição do Rio São Francisco

( Publicada originalmente às 18h 26 do dia 20/06/2017) (Brasília-DF, 21/06/2017) A bancada nordestina comemorou hoje a decisão da ministra presidente do Supremo Tribunal...
» Áudio
ID:
Senha:

Apóiam essa idéia:
Bancada do Nordeste 2005 - Política Real - Todos os direitos reservados
Contato: redacao@bancadadonordeste.com.br